Vitor Ribeiro

Nasceu no Porto em 1957.
Formou-se no AR.CO, Lisboa em 1985.
Trabalha desde 1983 em Pêro Pinheiro

Exposições Individuais

1985

Galeria Presença, Coimbra; Clube 50, Lisboa.

1988

Clube 50, Lisboa.

1989

Galeria 111, Lisboa

1991

Cooperativa Árvore, Porto

1992

Galeria São Bento, Lisboa.

1994

Galeria São Bento, Lisboa.

1995

Galeria Municipal de Aveiro.

1977

Galeria São Bento, Lisboa.

1999

“Metábole”, Cooperativa Árvore, Porto.

2003

“A minha casa é uma Árvore”, Galeria de Vilar, Árvore, Porto.

 
Outras Participações

1981

Estágio de escultura em Mértola. Assistente do Escultor Pierre Székely, no Simpósio Internacional de Escultura em Pedra, Évora.

1983/85

Estágio de Escultura no Mosteiro da Batalha; Simpósio Internacional de Escultura em Pedra, Porto.

1991

XVIII Simpósio Internacional de Escultura em Pedra, Iwate, Japão.

1994

1º Simpósio em Pêro Pinheiro.

1996

Semana da Pedra, em Aveiro.

 

Exposições Colectivas

1981

AR.CO, Lisboa; Mértola; Portalegre.

1982

Museu Santa Maria da Vitória, Batalha; Clube 50, Lisboa

1984

Exposição Ibérica de Arte Moderna, Campo Maior.

1985

Mercado Ferreira Borges, Porto.

1986

Esculturas no Jardim, SEC, Porto.

1987

Museu da Casa Brasileira, São Paulo, Brasil.

1988

1º Fórum de Arte Contemporânea, ( Galeria 111), Fórum Picoas, Lisboa.

1989

2º Fórum de Arte Contemporânea, (Galeria 111), Fórum Picoas, Lisboa; Balneário D.Maria II, Lisboa.

1992

O Fascínio da Pedra, Galeria A Grade, Aveiro.

1994

“Da Pedra” 4 Escultores Contemporâneos, Árvore, Porto; “ Nave” Espelho D'Água do T Clube, Lisboa; Jardim Castro Guimarães, Cascais.

1995

FAC – Feira de Arte Contemporânea, FIL, Lisboa.

1996

FAC – Feira de Arte Contemporânea, Exponor, Porto; II Mostra de Escultura em Pedra – Cascais; Sequências, Confrontos, Rupturas – Arte Contemporânea, Festa do Avante, Seixal.

1997

Edificio Chiado, Coimbra

1999

PLMJ – Uma Sociedade de Advogados como Espaço de Cultura, Lisboa.

2000

Maison de L'Unesco – Paris, Une Perspective Portugaise de L'art Contemporaine.

2001

Galeria Enes, Lisboa

2002

Galeria ao Quadrado, Stª Maria da Feira


Principais Colecções e Obra Pública

Está representado no Museu Machado de Castro, Coimbra, Museu de Santa Maria da Vitória, Batalha; Comissão Coordenadora da Região do Norte, Porto; Câmara Municipal de Almada; Câmara Municipal de Albufeira;Câmara Municipal de Cascais; Câmara Municipal de Aveiro; Presidência da República do Uruguai; Iwate Park, Japão; Fundação Mário Soares, Leiria, e em divervas colecções particulares.

 

Prémios:

1º Prémio de Escultura da Associação Internacional de Arte da Unesco.